Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

© os desafios da abelha

"os desafios da Abelha" - todos criados por mim - não têm limite temporal, podem participar quando quiserem.

"os desafios da Abelha" - todos criados por mim - não têm limite temporal, podem participar quando quiserem.

© os desafios da abelha

15
Mai21

Os Desafios Da Abelha Entram Hoje Em Licença Sabática

Ana de Deus

os desafios da abelha entram hoje em licença sabática


deixo-vos algo para ponderar. há uma regra de cortesia na blogosfera que consiste em respeitar os direitos de autor uns dos outros. e isso não tem acontecido, tanto aqui como na origem dos textos publicados no "busy as a bee.." sobre a Paz. quando publico os vossos textos, indico o vosso blogue por respeito ao vosso tempo e direito de autor. a regra de cortesia, consiste em retribuírem de igual modo pois tenho direitos de autora como criadora e anfitriã no meu lugar virtual. não há favores ou destaques desiguais. há um reconhecimento mútuo. é uma tremenda falta de respeito usar as minhas ideias e não divulgar a sua proveniência. adoro brincar, com quem sabe brincar. quem me segue com carinho, sabe onde encontrar-me.

HÁ 12 MESES DE DESAFIOS QUE PODES REALIZAR. EU CONTINUO CÁ PARA ACRESCENTAR OS VOSSOS TEXTOS AOS RESPECTIVOS POSTS.

01
Mai21

quem conta um conto acrescenta um ponto..

Ana de Deus

o nome correcto do blogue e da hashtag é: os desafios da Abelha
SUBSCREVE ESTE BLOGUE POR EMAIL PARA ESTARES SEMPRE ACTUALIZADA

quem conta um conto acrescenta um ponto..

hoje tenho uma S U R P R E S A !
a querida Marquesa de Marvila aceitou o meu desafio para escrever a introdução deste conto, que será
criado por todos. convido-vos a contar uma história, dando seguimento ao que a pessoa que vos convidou acrescentar em, no máximo, 200 palavras. o desafio tem a duração de um mês, com início a 01 de Maio de 2021.
cada participante publica a sua continuação no seu blogue (com link a este post) e convida o autor seguinte.
IMPORTANTE: publica o link deste post, para quem nos lê ter acesso ao conto todo.

 

quem conta um conto..
INTRODUÇÃO POR A MARQUESA DE MARVILA
Título Sugerido: Odeio Pessoas!

Porra!! Odeio pessoas… ah e tal isso passa-te com a idade… chiça, até lá espero estar morto!, é que já tenho 72 anos, levo uma vida disto, e aturar pessoas é o pior que há!… isso e não ter dinheiro suficiente para as mandar à merda… enquanto isso, lá vou continuando na minha vidinha, sim assim em pequenino e não é porque seja mais querido, é mesmo uma vidinha…

Bota cadeira, bota mesa, arrasta para aqui, arrasta para acolá… para quê? Para as malditas pessoas alaparem o traseiro, à bruta, querem lá saber se partem, se estragam, se não… são umas bestas!, pedirem o café, juntarem-se em manada a coscuvilhar sobre a vida alheia toda uma santa tarde e eu?!?… acham mesmo que pago contas com meia dúzia de cafés vendidos?… querem lá saber! Só se importam consigo mesmas e com a vida alheia… os homens são os piores. Sentam-se, pedem café e o jornal… o jornal?!?!… onde já se viu?!?… atravessem a rua e comprem-no, ora essa! Mas sou vosso pai?… eu tenho aqui sempre o jornal e lá o vou cedendo, a verdade é que sou um coração mole! Não fosse ter de aturar pessoas e era um santo…

 

os desafios da Abelha

CONTINUAÇÃO PELA ANA DE DEUS

sem tirar nem pôr: um santo! e nem vale a pena começarem a rir que não é piada. ter de aturar as famílias aos fins-de-semana. as criancinhas a fazer birras, a dar pontapés na mobília e as pessoas a ignorarem-nas como se não as conhecessem de lado nenhum. e é a mesma treta: um café e o jornal. vêm relaxar de uma semana de trabalho.. não minervem senhores! que me dá uma taquicardia.. odeio pessoas.. deve ser carma ter logo as mais somíticas no meu estabelecimento. então e uma torradinha para calar a criança? de certeza que quer um geladinho. é pequenino porque não chega para pagar a conta da electricidade. ao gajo que anda a apregoar na praia: olhó gelado! morango ou chocolate! toda a gente levanta o traseiro do areal e compra-lhe tudo! porra! e anda sem máscara, o gajo! eu a sufocar, quase a ter um fanico com o vapor da máquina, e as pessoas sem máscara a sorver lentamente o café p'ra fazer durar. rásparta!

ainda há dias uma pessoa com a cria a gritar a plenos pulmões veio perguntar-me se era permitido amamentar no estabelecimento. fiquei de olhos arremelgados..

CONVIDO O JOSÉ DA XÃ A DAR CONTINUAÇÃO À HISTÓRIA

os desafios da Abelha

CONTINUAÇÃO PELO JOSÉ DA XÃ

Mas esta gente julga qu’isto é um infantário, ou quê? É por isto que odeio pessoas… Safa…

Quer’se dizer: não caso eu com nenhuma tipa, não tenho filhos para não ter chatices e quem me moa o bestunto e vem esta gentinha armada em mosca morta fazer desta casa um berçário… C’um caneco. Não é que eu seja nhurra, mas as pessoas irritam-me a sério. Um destes dias apareceu-me aqui um gabirú todo gingão, argola na ponta do focinho e armado ao pingarelho a perguntar se lhe dava trabalho. Eu dava-lhe era com uma cachaporra no lombo para me desamparar a loja.

O dinheiro que faço ao fim do dia mal dá para pagar a porra da luz e o marmanjo a querer trabalho. Só a mim… Porque não vão marrar com um comboio? Larguem-me a labita, canudo!

Ainda os que mais me irritam são aqueles que vêm aqui pedem um café e um copo de água como se esta fosse à borla. Um copo aqui outro ali são litros que gasto por dia sem poder receber. Depois são os grandes defensores da Natureza… Uma treta…

Para rematar toda esta minha vidinha pacata apareceram-me aí, há dias, uns sacanas da ASAE…

A MINHA MÃE VOLUNTARIOU-SE E O JOSÉ DA XÃ ACEITOU QUE ELA DÊ CONTINUAÇÃO À HISTÓRIA

os desafios da Abelha

CONTINUAÇÃO PELA TMARA
(ENVIADO POR EMAIL)

…porra prós gajos!

embicaram pr´aqui!

andaram por aí, nariz enfiado…, repéupéurepéupéu. não percebi patavina… eu, atrás. como cão sem dono.

danadoooo.

… que o chão precisa mais varridela, mais lavação…POIS! e o dinheiro…?

via tudo negro!!!!

nada percebi do parlapié. lá m´explicaram em língua de gente. 

o que me safou foi ter as máquinas limpas…. em boas condições…a cereja? a máquina de lavar chávenas e afins.  Safaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!

Corri. fui espreitar pl´o postiguinho se iam fiscalizar o finório CAFÉ POSEIDON.

estupores… filhos da mãe…aqui, mesmo de frente.

roubar o pão aos pobres!!!!!

…TÁ-SE A VER…. NÃO! NÃO FORAM!!!!

lá vão.

SÓ AOS POBRES!

ODEIO PESSOAS!...razões?…VENDIDOS…!

labuta desde puto. 4ª classe…

…pensando…foi na escola qu´aprendi a odiar pessoas. os outros tinham de tudo. gozavam comigo. vestia à pobre. falava diferente…MAL, diziam!

podiam ser eles… !

…era… diferenteeee…

então, Paixão? vai mas‘é guardar cabras…

CABRÕES…!!!!!!!

RAIS PARTA O APELIDO… a vida tem sido uma filha da…da…da pata…

qué isto…? uma carta…?????

<sorri à vida que ela sorrir-te-á>.

um chorrilho de palavrões nasceu-me na cabeça. fechei a boca. não os deixei sair. estou cansado. isto de odiar, caaaansa.

odeiooo pessoas, mas…EU SOU UMA PESSOA!

ODEIO-ME!!!!???????

estou cansado! vou desaprender de odiar!

CONVIDAMOS A MARIA ARAÚJO A DAR CONTINUAÇÃO À HISTÓRIA 

os desafios da Abelha

CONTINUAÇÃO PELA MARIA ARAÚJO

Eu bem que tento desaprender de odiar mas o meu coração diz-me: " Deixa para lá. Fazer o bem não custa nada a ninguém."
"Ora o carago!", diz a razão, "Esquece isso. O que está a dar é ser chico-esperto".
E a minha filha que me atazana a cabeça e diz: "Ó pai, aprende comigo. Quanto mais vejo os chicos-espertos levarem a vida, mais eu gosto do nosso canito. Este, sim, é fiel, é humilde, é amigo".
E ela até que tem razão. A gente vê as notícias na televisão, ora um gajo faz negócio de bitcoines e o coitado que pensa investir num bom negócio, vê no feicebuque os carrões de luxo, pensa que vai ter um Aston Martini, cai na esparrela e depois vai para a televisão dizer que investiu milhares de euros e ficou sem nada.
Nem bitcoines, nem bancos, nem o carago! Fazei como eu, metei o dinheiro debaixo do colchão. Não rende, mas também não to levam.
E eu quero desaprender de odiar, mas apetece-me é mandar toda a gente para o c@...
Odeio pessoas!

os desafios da Abelha

CONTINUAÇÃO PELA GAIVOTAZUL

Já vos disse. Por baixo desta carcaça velha, sou um coração mole. Mas odeio as pessoas. A bem da verdade, só cá p’rá gente que ninguém nos ouve, odiar e amar são duas faces da mesma moeda. Já o dizia a minha mãezinha. Que Deus a guarde.

Acho que no fundo no fundo, odeio aquilo em que me tornei. Esta solidão que me consome.

No final das contas, o que tenho eu de meu? Nada! Só este atarracado e velho estaminé como eu.

O último ano foi duro, muito duro. Esta pandemia privou-me de tudo. Até das pessoas com quem diariamente refilo e que “odeio”.

É esse o meu papel na sociedade. Sou o velho rezingão que ladra ladra mas não morde. Que refila com o choro das criancinhas por não suportar ouvi-las chorar e que, como tal, tem sempre um chupa-chupa pronto p'ra lhes dar. Que resmunga com o jornal de mão em mão mas que todos os dias faz questão de comprar. Que entredentes contesta cada copo de água solicitado mas que mantém na prateleira por cima da pia cuidadosamente alinhados e prontos a servir.

Odeio pessoas, porque odeio delas depender e sentir a dor da sua ausência.

os desafios da Abelha

CONTINUAÇÃO PELA ZÉ aka MJP

Daquilo que sinto mais falta é da Liberdade de mostrar o rosto e de ver as expressões faciais... estou fartinho de máscaras!!!... sei que são uma necessidade, para nossa protecção... mas, à pala disso muito boa gentinha fez fortuna!!!... ainda me lembro de, em Abril de 2020, me ver obrigado a desembolsar dez euros por uma máscara descartável... DEZ EUROS!!!... LADRÕES!!!... e ainda dizem que a Pandemia nos tornou Melhores Pessoas!!! (onde estão Elas???... e depois, EU é que odeio Pessoas??!!!)

Por aqui o bicho anda descontrolado e, por isso, as vendas são só ao postigo... cafés servidos em copos de plástico!!!... onde já se viu isto???!!!.. nem sabe a café, sabe a plástico... nem sei como ainda tenho clientes!!!...

O que me tem dado algum alento é o Meu Sporting e, agora, a vacina!

Ontem telefonaram-me do Centro de Saúde a perguntar se queria ser vacinado... atalhei logo a conversa e perguntei quanto é que isso me iria custar - porque isto ninguém dá nada a ninguém!!! - mas a enfermeira garantiu-me que era mesmo à borla e até me perguntou se tinha preferência por alguma marca!!! Maneiras que lá vou fazer a vacina na sexta-feira, às 14 horas.

os desafios da Abelha

CONTINUAÇÃO PELA LUÍSA DE SOUSA

Maneiras que lá vou fazer a vacina na sexta-feira, às 14 horas....

Sexta-feira às 14:00 horas?

Mas ... não é a essa hora que o Costa vai falar a dizer quais os concelhos que vão desconfinar?

Esta coisa de servir café ao postigo até me está a dar jeito ... não preciso falar, só gestos, até os respondo em voz baixa ... é que odeio pessoas, odeio mesmo estar a fazer todas as vontadinhas ... é um cafezinho ...  é o jornal ... é a água ... pensam que sou escravo deles!

Agora se desconfinar vou ter de aturar estes "emplastros" todo o dia sentados no café a pedir isto e aquilo!

Vendo bem, fecho o café, vou à vacina e logo à noite vejo pela CMTV o que o Costa decidiu!

Odeio esta CMTV, só parvalhices, só alarmismos, só sensacionalismo, só fofocas, odeio aquela gentinha que está à espera de um azar dos outros e lá vêm os jornalistas com máquinas fotográficas a entrevistar e fotografar tudo e todos! 

Ainda antes do confinamento houve uma rixa entre duas mulheres no meu café. Andaram à estalada e sem mais nem menos apareceu a CMTV para fazer uma reportagem .... aquilo foi um circo .... veio gente do todo o lado ....

os desafios da Abelha

CONTINUAÇÃO PELA ISABEL aka IMSILVA

Bom, não tendo outro remédio, sexta-feira às 13,40 fecho o estaminé, apesar de ter pessoas (como as odeio) a quererem beber um café à força (vão beber pra casa), meto-me no carro em direcção ao Pavilhão onde parece que todos levam a vacina. Bem, se aquilo me doer, vão me ouvir bem, rais'parta, que eu não estou para isso. Depois de apanhar com um pacóvio que não sabia conduzir a mais de 30 à hora, e a quem tive de dar umas boas buzinadelas, chego e estaciono o carro.

À entrada do Parque desportivo, estava uma carrinha que queria que eu lá entrasse para nos levarem feitos cordeiros até ao sítio. Eu disse logo que não, que não entrava ali com aquele gente toda, eu ia era a pé, com o que eu gosto de pessoas, pfff...

Quando lá cheguei, Oh Senhores!!! tanta gente de um lado para outro só a dar ordens, vá práqui, depois vá práli, e eu com uma vontade de responder doida que até me ia dando uma urticária. 

Finalmente lá entrei numa casota, e mandaram-me tirar a camisa (qual presidente da republica), que era à moda que um bocado apertada, e não dava para arregaçar, quando vejo a mulher com uma agulha na mão, até vi tudo vermelho, e quando ela me espeta aquilo tudo no braço, dei um berro tal, que se ouviu no pavilhão inteiro...

os desafios da Abelha

CONCLUSÃO POR ANA DE DEUS

pedi logo o livro de reclamações! livro de quê!!? perguntou a enfermeira, exausta e sem paciência para mais drama. respirou fundo e disse: tome este endereço electrónico e envie um email ao Provedor da Saúde. agradeci. podia ser minha neta, catano! quando saí daquela espécie de casota, as malditas pessoas aplaudiram. no gozo, rásparta! estava a preparar-me para vir embora quando um jovem disse para sentar-me e aguardar meia hora, por questões de segurança. não aguentei, comecei a remoer palavrões. o puto, sempre solicito perguntou-me se era utente no Júlio de Matos. É O QUÊ!!? levou logo com um chorrilho de indignidades. vieram dois matulões, enfiaram-me um comprimido pela goela, que se desfez de imediato. eu bem queria falar mas tinha a língua entaramelada e babava-me todo. pegaram em mim por baixo dos braços e lá fui a espernear até à ambulância. deitaram-me na maca e, naquele torpor, adormeci. agora, estou para aqui. dizem que enquanto não parar de odiar pessoas que não me dão alta. para ser sincero, são águas passadas. continuo a dizer palavrões para ter um tecto e comida de borla. é isto ou viver na rua, que os credores penhoraram tudo. fizeram fortuna à minha pala.

THE END

 

os desafios da Abelha

para quem gosta de partilhar é só copiar o texto debaixo da imagem
e colar num "componente" no Layout do vosso blogue ♥
no blog de Ajuda dos blogs eles explicam AQUI

 

Eu Sou Membro

<center><a title="os desafios da Abelha" href="https://anadedeus.blogs.sapo.pt" target="_blank" rel="noopener"><img style="width: 240px; padding: 1px 1px;" title="Eu Sou Membro" src="https://c8.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/Gf1183a2c/22008534_jafI1.png" alt="Eu Sou Membro" width="240" height="240"/></a></center>

SELO PARA FUNDO PRETO:

Eu Sou Membro

<center><a title="os desafios da Abelha" href="https://anadedeus.blogs.sapo.pt" target="_blank" rel="noopener"><img style="width: 240px; padding: 1px 1px;" title="Eu Sou Membro" src="https://c7.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/G9f17cf63/22017129_vJqmD.png" alt="Eu Sou Membro" width="240" height="240"/></a></center>

RESULTADO SERÁ ALGO ASSIM:

Eu Sou Membro

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim

foto do autor

arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

wook vais ler a seguir?

Toshikazu Kawaguchi Henry David Thoreau

a livraria mais antiga do mundo, desde 1732