Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

os desafios da abelha

O CORAÇÃO NO TOPO ESQUERDO LIGA OS DOIS BLOGUES no dia 1 de cada mês há um desafio novo

O CORAÇÃO NO TOPO ESQUERDO LIGA OS DOIS BLOGUES no dia 1 de cada mês há um desafio novo

os desafios da abelha

12
Set20

desafio: o melhor do ano

Ana de Deus

desafio o melhor do ano

TENHO OS DESAFIOS DA ABELHA ESCRITOS ATÉ FEVEREIRO DE 2021,
mas com o destaque da Mel e da Mula, algumas das coisas que tenho pensadas poderiam
ser consideradas plágio. como tal, decidi publicar os desafios de quinze em quinze dias.


hoje desafio-te a partilhar o melhor de 2020 , no máximo, em 100 palavras. 
usa a tag: desafio: o melhor do ano, para ser mais simples encontrarmo-nos.

eu sei que para alguns pode ser sentido como procurar uma agulha num palheiro. eu própria dificilmente consegui ignorar o tema da pandemia. em 1918 a aldeia global era um embrião. hoje somos assoberbados pelos media a dizer e a desdizer sempre o mesmo. eu não quero que o século XXI seja conhecido como o século do medo. por isso este desafio faz falta aqui, para abdicarmos da resposta mais simples e procurarmos a humanidade, a boa-fé, a bondade, a esperança, a luz, a alegria, a paz que nos rodeia. é um exercício necessário apesar de não ser fácil.

Irmãs que viveram a pandemia de 1918 sobrevivem agora ao coronavírus

As irmãs Anna Del Priore, de 107 anos, e Helen Guzzone, de 104 anos,
já estiveram infectadas com o novo coronavírus e conseguiram recuperar.

FONTE: PÚBLICO

NOTA: este desafio teve início a 12 de Setembro de 2020 e será deixado a vogar pela blogosfera
para todos os que lhe quiserem dar continuidade.

IMPORTANTE: publica o link deste post, para quem nos lê ter acesso a todos os textos.
mesmo quem não é desafiado formalmente, pode entrar no desafio. 

O MELHOR DE 2020, SEGUNDO A ANA DE DEUS

muito sinceramente, para mim, o melhor de 2020 é ter de ficar em casa. desde que não esteja sempre sozinha, estou no meu paraíso. o melhor de 2020 são vocês! desde que voltei à blogosfera descobri uma família. o melhor de 2020, é uma pomba branca cintilante que vem saudar-nos todos os dias, eu acredito que são os anjos a sorrir-nos. a Vida flui. a nossa vida pode mudar de forma, mas a Vida é eterna. esta é a minha fé.

O MELHOR DE 2020, SEGUNDO A CHARNECA EM FLOR

Neste estranho ano é difícil encontrar momentos positivos. Mas eu sempre acreditei que é possível ser feliz em tempos adversos.
Neste ambiente em que o cheiro da morte paira sobre a humanidade, foi a promessa de vida que tornou os meus dias mais alegres.

Em primeiro lugar aponto para a notícia da chegada do neto de uma das minhas colegas.. Uma vida que começa transmite-nos sempre a esperança no futuro.
Depois destaco a minha recém-adquirida paixão pelas plantas. É uma emoção ver como as plantas crescem, se renovam. O amor que lhes dedico é retribuído na forma de novas folhinhas.

o melhor de 2020: segundo a Catarina e os seus 4 reizinhos

reizinhos

Original: 604 palavras
Síntese: 106 palavras

Cheguei à conclusão que faz hoje seis meses que o país parou. Aprendemos a conviver com este vírus. A tomar medidas de precaução. Tivemos férias na praia, com um areal quase só nosso. Dias quentes e grandes que foram aproveitados ao máximo. Miúdos com peles douradas a saber a sal e de sorrisos no rosto.

Se me pedirem um balanço diria que oitenta porcento do tempo foi gratificante. Os rapazes tornaram-se mais próximos. Os mais velhos sempre preocupados em proteger os mais novos. Os pequenos sempre a querer imitar as pegadas dos maiores. O verão de 2020 será sempre recordado como o verão das nossas vidas. 

O MELHOR DE 2020, SEGUNDO O JOSÉ DA XÃ

A mulher mais animadora da blogosfera desafiou-nos a falar do melhor de 2020, até agora.

Como o ano não terminou achei que só para o final do ano é que escreveria algo. E disse-lhe. Depois lembrei-me de escrever sobre as minhas espectativas para este ano de 2020.

E assim esperava-me:

- nascimento de uma neta – feito;

- reforma – feito;

- viagem ao Porto – feito;

- viagem aos Açores – feito;

- viagem a Sagres (Alcoutim foi um extra!) – feito;

Falta ainda:

- apanhar azeitona;

- nascimento de uma sobrinha-neta.

Por fazer:

- Peregrinação a Fátima;

- Almoço de despedida com colegas.

 O MELHOR DE 2020, SEGUNDO A SASSÃO

Os reencontros foram o que me iluminou 2020. 

Vi como os amigos me são queridos e que, sem os nossos encontros, a vida não é tão boa. 
 
Confirmei que estou na profissão certa no local exato, e é tão bom sair de casa todos os dias até lá! 

Apesar de não me aborrecer comigo e acordando com a melhor das companhias, preciso de me completar com a vida cá fora.
 
Tertúlias com amigos, viagens, exposições, fotografia, livrarias... é essa a minha rede social!
 
Deixo uma foto da Livraria Galileu, em Cascais, um dos sítios que mais falta me fazia!

Livraria Galileu, em Cascais

O MELHOR DE 2020, SEGUNDO A MAFALDA

A Ana desafiou a blogosfera mais uma vez a juntar os seus retalhos para contar o que foi o melhor de 2020 até agora, e eu, como tenho sempre muita coisa para dizer, decidi deixar-vos a minha pitadinha:

- Viagem a Itália: antes do COVID nos obrigar a fechar ao mundo tive a oportunidade de respirar o ar italiano e ficar para sempre apaixonada com Roma

- Encontros no parque: Todos os encontros no parque com a L. patrocinados por pizza, bons livros e algumas gargalhadas

- Noites de família: Mesmo no meio de toda a anormalidade conseguimos manter as noites de família com os meus "tios de coração", através de videochamada jogamos ao Monopólio, Pictionary e Party & Co. e assim há distância mantivemos a união.

- Todos os meus projectos de Verão: no meio da confusão do COVID organizei um cinema ao ar livre e participei em 3 dias a dinamizar a semana da juventude, e, conseguimos mesmo em tempo de pandemia, trazer a cultura de volta ao coração das pessoas.

 O MELHOR DE 2020, SEGUNDO A IMSILVA

A Ana desafiou para contarmos o que encontramos de melhor neste ano maluco que nos calhou. eu vou tentar encontrar algo que faça sentido. 

Não creio conseguir falar do melhor, sem referir o pior. Houve um mix das duas coisas que vou tentar separar.

Estar em casa, sem necessitar de sair fosse para o que fosse foi bom, se não houvesse a preocupação do que se estava a passar, do que se iria passar e da incógnita que passou a ser o nosso futuro, que na altura, inocentemente, ainda pensavamos que iria voltar ao normal em pouco tempo.

Fora esse pequenino pormenor, devido ao confinamento, o melhor foi ter todo o tempo do mundo para os nossos petiscos saboreados no quintal, almoçavamos fora todos os dias. Foi o sol que apanhei enquanto lia um livro. Juro que nunca estive tão bronzeada, eu que nunca vou à praia mesmo vivendo ao pé dela, por falta de tempo. Foi um sossego inédito na minha vida, sempre tão cheia de gente. Fiz uma desintoxicação de humanos, e soube bem.

Mas há algo que tenho que referir como o melhor de 2020, até agora, a saúde dos meus que apesar de algum susto, prontamente resolvido, não nos obrigou a andar em bolandas por hospitais e afins.

Este foi o ano de todos os anos, foi o ano que ficará nos anais da história. Espero que não haja piores, que o 2021 seja de resolução e da volta da vida como a conhecíamos. Todos esperamos que assim seja.

2020 foi um ano difícil? Sim. Mas como tudo têm uma frente e um verso também trouxe muitas coisas boas.

O nosso casamento só assim para começar.

Alguns novos amigos, as horas de almoço em modo piquenique no jardim do hospital, os momentos de calma e tranquilidade em casa. Os sorrisos dos nossos amigos pelo skype, a voz da família em boa saúde.

As palavras trocadas aqui pelo blog convosco. Os sonhos que nos passaram pela cabeça!

E sobretudo a gratidão que nos encheu o coração e que nos deixou com um sorriso na cara mesmo quando era mais difícil sorrir. 

21 comentários

comentar post

mais sobre mim

foto do autor

arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D